Rua Vereador Silvestre Dalazen
Bairro Industrial | Cx. Postal 43
CEP 85640-000 | Ampére - PR
marketing@simonetto.com.br
Fone: (46) 3547-8888

Irma Marin Simonetto falece aos 92 anos de idade


Irma Marin Simonetto, a matriarca da Simonetto Móveis Planejados, faleceu neste dia 29 de setembro de 2016, aos 92 anos de idade.
Irma nasceu no Rio Grande do Sul, casou-se com Reinaldo Simonetto, com quem conviveu por 51 anos até o seu falecimento, em 1998.



Na década de 60 vieram para o sudoeste do Paraná, fazendo parte da colonização do município de Ampére, onde foi catequista, professora, e se tornou uma das primeiras mulheres da cidade a trabalhar no comércio. Na época, “mexer com papel” não era coisa que as mulheres costumavam fazer. Mas Irma, para ajudar o marido, encarou o desafio. O trabalho na madeireira era dividido com os afazeres domésticos: Irma trabalhou muito e nunca reclamou de nada.
 
A participação na comunidade sempre foi uma característica marcante de Irma. Dedicou-se a legião de Maria, ao grupo dos idosos, pastoral da saúde e também foi ministra da eucaristia. Após os 80 anos ainda cursou faculdade de Teologia a distância. O envolvimento de Irma na comunidade sempre deixou claro a sua vontade de ajudar os outros, de se doar. O envolvimento de Irma na comunidade sempre deixou claro a sua vontade de ajudar os outros, de se doar. Deixou claro também a sua simpatia e seu carisma, reconhecidos através dos títulos de Rainha dos Idosos e Miss Simpatia.


 
 O seu amor de mãe deu origem a lindas famílias, através dos filhos Maria, Gilberto, Gilberto Luiz, Nilson, Jairo, Feliciano, Medelices, Ivam e Ivania. São 22 netos e 4 bisnetos.
 
Para a família, Dona Irma é uma guerreira e um exemplo. Aos 92 anos ainda se atualizava, lendo em média 40 livros por ano. Os filhos são unanimes em dizer se orgulham se sua força e inteligência.
 

 
A seguir iremos ler palavras da própria Irma, escritas no livro de sua vida que foi lançado há dois anos, na sua festa de aniversário de 90 anos.



“Devo a todos a grande dádiva de Deus de ter convivido com pessoas de bem desde minha infância até hoje aprendi e devo confessar que com todos aprendi muito, é a tal escola da vida, que não tem diploma, mas nos dá a experiência que nenhum dinheiro pode comprar.

Meu marido foi a pessoa que Deus colocou em minha vida para que hoje eu pudesse sentir essa serenidade, confiança e força para continuar, embora a vida nos ofereça alegrias, tristezas, doenças, mortes.

Sou grata a tudo, a Deus, as minhas tradições, ás minhas crenças, à família, a meus filhos. É importante conviver, acolher, escutar, para que a vida tenha sentido e plenitude.

Chego a quase 10 décadas de vida e percebo que as coisas mudaram muito, evoluíram demais ano a ano. Todos os dias tenho que aprender tudo de novo.

Fomos crianças, adolescentes, jovens, adultos e chegamos na terceira idade, que na minha opinião não é a melhor idade como dizem. Em todas as etapas da vida temos nossas dificuldades ou nossas felicidades, todas as fases são boas, basta sabermos enfrentar e aproveitar.

A verdade é que nós devemos deixar alguma coisa para quem nos seguirá. Quem sabe? Exemplo, experiência, trabalho? Tudo aquilo que podemos dar? Ser construtores de um ambiente para os outros habitarem dignamente em comunhão com Deus.

Me considero, por muitos motivos, uma pessoa abençoada e realizada. Acredito que o contrário da vida não é a morte, nós nascemos para a vida além da morte. Só que a vida oscila muito, ela nos oferece muitos momentos alegres, mas também momentos muitos tristes. Dou graças a Deus em tudo, porque sempre me iluminou a perdoar e a não julgar nada nem ninguém, mas sim amar muito, sem esperar recompensa."

NOTAS FISCAIS ELETRÔNICAS

Efetue a busca por suas notas através dos campos abaixo. (Apenas números)
NÚMERO DA NOTA
CNPJ/CPF

SUPORTE

PARA SUPORTE VIA INTERNET COM ACESSO REMOTO
Faça o download do Teamviewer